Blog

ABERTURA DAS OLIMPIADAS OFUSCA AS COMEMORAÇÕES DO DIA NACIONAL DA SAÚDE


www.casavillaggio.com.br

Nesta sexta-feira, 5 de agosto, além da abertura oficial das Olimpíadas 2016, comemora-se o Dia Nacional da Saúde em homenagem ao sanitarista e bacteriologista Oswaldo Cruz.


Além de sua inestimável contribuição para a erradicação de epidemias como a de febre amarela e varíola, foi graças as iniciativas de Oswaldo Cruz para reformular o Código Sanitário e reestruturar todos os órgãos de saúde e higiene do país, que o panorama sanitário brasileiro mudou, especialmente na cidade do Rio de Janeiro, onde acontecem os jogos.


Vale ressaltar que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), " Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades".


Portanto, trata-se de um direito fundamental de todo ser humano, que deve ser assegurado sem distinção de raça, de religião, ideologia política ou condição sócio-economica.


Segundo o relatório anual “Estatísticas Globais de Saúde: Monitorando a Saúde para os ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável)”, publicado em meados deste ano pela OMS, entre 2000 e 2015, a expectativa de vida aumentou cinco anos globalmente. Porém, o Brasil tem um indicador intermediário, com uma expectativa de 75 anos, ficando acima da média global.

Na ocasião, Margareth Chan, diretora geral da OMS, reconheceu os progressos feitos para reduzir as mortes prematuras decorrentes de doenças evitáveis e tratáveis, mas ressaltou que "apoiar os países para avançar na cobertura universal de saúde baseada na atenção básica é a melhor coisa que podemos fazer para nos certificar que ninguém seja deixado para trás".

Categorias